quinta-feira, 10 de agosto de 2017

#Libertadores: tudo o que você precisa saber sobre Botafogo x Nacional-URU


Com vantagem por ter vencido jogo em Montevidéu, Alvinegro joga para voltar às quartas de final após 44 anos. Nilton Santos terá noite de casa cheia contras os uruguaios






(Foto: Infografia )



É notório que o Botafogo vem escrevendo uma trajetória bonita em 2017. Nesta quinta-feira, no entanto, o time entra em campo para fincar seu nome na história do clube. Com a previsão de um Nilton Santos abarrotado – todos os ingressos destinados à torcida alvinegra foram vendidos -, o Glorioso joga contra o Nacional-URU, às 19h15, para voltar após 44 anos às quartas de final da Libertadores.


Não vale taça, mas não dá para tratar como uma partida qualquer. O Botafogo e seus jogadores vêm vivendo uma atmosfera especial com a torcida em 2017. E a Libertadores é o carro chefe. Seguir na competição é a certeza de que a chama continuará acesa. Quem avançar pega o Grêmio na próxima fase.


A missão é simples? Não, é duríssima. Sobra tradição ao Nacional, tricampeão da Libertadores. Porém, a vantagem construída em Montevidéu é boa. Por ter vencido o jogo de ida por 1 a 0, o Alvinegro avança com um empate, por exemplo. Jair Ventura, entretanto, avisou que o regulamento só será usado, em caso de necessidade, nos minutos finais.


Transmissão: SporTV (com Julio Oliveira e Ricardo Rocha)


(Foto: Infografia )


Botafogo - técnico Jair Ventura


Como de costume, Jair Ventura manteve a tradição e fechou os treinos que antecederam a partida. Com as contratações de Leo Valencia e Brenner e a volta de Jefferson, o treinador ganhou opções. O treinador fez testes, mas a tendência é que o time não tenha surpresas.



Em relação à equipe que venceu em Montevidéu, Luis Ricardo e Igor Rabello serão as únicas novidades. Eles substituem Arnaldo e Emerson Silva, respetivamente. Emerson Santos, que poderia ser outra opção para a lateral, sequer foi relacionado. Mesmo com Jefferson à disposição, Gatito segue no gol.


Quem está fora: Arnaldo (entregue à preparação física); Airton, Jonas e Marcinho (departamento médico)



Campinho Botafogo x Nacional (Foto: GloboEsporte.com)


Nacional - técnico Martín Lasarte


Assim como o Botafogo, o Nacional terá poucas mudanças em relação ao jogo de ida, mas com o diferencial do retorno de seu principal jogador: o artilheiro Aguirre, que tem causado preocupação a Jair Ventura. Além do atacante, Arismendi herda a vaga de Santiago Romero no meio, e Agustín Rogel entra no lugar de Rafael García na zaga. A única dúvida é se o técnico vai com Carballo ou Rodríguez de volante.


Quem está fora: Martín Ligüera está lesionado. O trio de reforços formado pelo zagueiro Erick Cabaco, o lateral-direito Matías Zunino e o atacante Gonzalo Bueno foram inscritos no apagar das luzes e não vieram para o Rio.



(Foto: GloboEsporte.com)


(Foto: Infografia )


O trio de arbitragem é colombiano. Wilmar Roldán apita o jogo, auxiliado por Wilmar Navarro e John Alexander Leon.


Fonte: GE